2008

De Wikinet
Ir para: navegação, pesquisa

É muito difícil, quando você está passando por uma fase histórica de grandes mudanças, perceber o ponto exato onde pode-se dizer a partir daqui, o mundo mudou. Por exemplo, quem estava em Roma vendo seus bens saqueados, suas esposas e filhas sendo estupradas e seus filhos sendo levados como escravos, no ano 476, possivelmente não estaria nem um pouco interessado em saber que esta data marcaria o fim da Idade Antiga e o começo da Idade Média.

Por outro lado, com a tecnologia da informação atual, já para ter uma ideia, quase em tempo real, destas mudanças. Podemos dizer, com precisão, que o Comunismo morreu na noite de 9 de Novembro de 1989, quando de facto caiu o Muro de Berlim.

Assim, podemos dizer, com razoável segurança, que 2008 foi o ano em que o Capitalismo morreu.

E, assim como o Comunismo que, mesmo depois de morto e enterrado, ainda aparece como um zumbi para assombrar muita gente, o Capitalismo também ainda dá a aparência de que sobreviveu.

2008 foi o ano em que o sistema capitalista de criar riqueza a partir do nada, com empresas fictícias emprestando dinheiro umas às outras, a pessoas que não tinham nada para dar em troca, e fingindo que todo mundo estava ficando cada vez mais rico, estourou. Na verdade, o colapso do capitalismo era óbvio desde 1991, quando qualquer um que não fosse idiota podia perceber que o sistema de pegar financiamentos e se endividar, considerando que logo depois apareceriam outras pessoas para pagar, não poderia dar certo para sempre.

Era o famoso esquema da pirâmide em andamento, e a merda só não estourou antes porque, neste caso, a pirâmide, que começou com a classe média alta americana, foi se globalizando durante quase duas décadas, ao ponto de, em 2008, os bancos estarem concedendo empréstimos até a imigrantes ilegais e pessoas que viviam na puta que pariu.

Uma das consequências do fim do Capitalismo foi que os americanos, que são racistas pra caralho, preferiram eleger um negro (na realidade, Barack Obama não é negro, é pardo) a um representante do capitalismo, uma evidência clara de que o deus deles é o dinheiro.

Internet e Informática

Putaria

  • Depois de um ano promissor, o cinema voltou a não produzir nada que prestasse. A maior decepção do ano foi a paródia Meet the Spartans (2008), um filme homoerótico que comete o pecado capital de escalar a Carmen Electra e não fazer ela nem pagar peitinho.

Depósitos

As depósitos que deixaram de ser underage em 2008 podem ver vistas em Anexo:Lista de gostosas por ano de nascimento/1990

Ver também