4195835.0/3145727.0

De Wikinet
Ir para: navegação, pesquisa

4195835.0/3145727.0, na história da informática, corresponde à conta que o Pentium fazia errado.

Introdução[editar]

Fazer contas de multiplicar e dividir é chato pra caralho. Bom, fazer qualquer tipo de conta é chato pra caralho, tanto que mulher que fazia contas era chamada de puta na Roma Antiga e, quando o pessoal precisava fazer conta pra caralho, contratava logo um monte de puta para fazer isto. (ver artigo Computador do Século XIX).

Mas multiplicar e dividir é mais chato ainda, e, se você resolve usar o método que a sua professora gostosa ensinou no Primário Ensino Fundamental em um computador moderno, a porra vai travar e ficar só fazendo conta. Então inventaram alguns métodos para fazer as multiplicações e divisões de forma mais rápida, como a tábua de logaritmos.

Nos computadores, para contas com ponto flutuante, um dos macetes era usar algumas tabelas, em que parte da informação estaria guardada, para que a conta fosse feita de forma mais rápida. Afinal, se um número tem precisão de 15 ou 16 dígitos, para que você vai querer que ele faça a conta correspondente ao 20o dígito?

Pentium[editar]

A cara do maluco.

Quando a Intel lançou o Pentium, em 1993, a porra veio com um erro nesta tabela da divisão - daí o nome babaca que deram para este bug, chamando-o de Pentium FDIV bug, acrônimo como Pentium fucking division bug.

O bug foi descoberto por um punheteiro chamado Thomas R. Nicely, que, não só descobriu que o Pentium fazia merda, mas, sendo foda, ainda isolou o problema. Nicely é um matemático, e seu ramo de pesquisa são os primos gêmeos, e, se você acha que primos não podem ser gêmeos, ou se a única coisa que primos e gêmeos tem em comum são sites de putaria que colocam duas louras se pegando e dizem, às vezes, que elas são primas e outras vezes que são gêmeas lésbicas louras, então você precisa largar um pouquinho a putaria e ler alguma coisa de matemática.

Como qualquer cara foda, ele não só matou a cobra, como ainda mostrou o pau: enquanto que, em uma calculadora vagabunda que você compra no camelô o resultado de 4195835.0/3145727.0 é, aproximadamente, 1.3338204491362410025, na porra do Pentium com bug o resultado é 1.3337390689020375894

Colocando um número sobre o outro e colorindo para ficar bem gay ver a diferença:

1.3338204491362410025
1.3337390689020375894

Parece pouca merda, e é, mas a grande filha da putice é que o cara descobriu e reportou o bug em Outubro de 1994, mas a Intel já sabia que tinha feito merda desde Maio do mesmo ano, mas eles estavam fingindo que não tinha nada demais.

Consequências[editar]

Não deu em nada. Thomas R. Nicely continua sendo um ilustre desconhecido (segundo ele disse, normalmente um matemático tem que atirar em alguém para receber tanta publicidade, pelo jeito, ele precisa praticar tiro ao alvo), a Intel continua ganhando dinheiro pra caralho fazendo novos processadores com bugs, e o mundo continua girando.

Ligações externas[editar]