ASCII

De Wikinet
Ir para: navegação, pesquisa

ASCII (American Standard Code for Information Interchange) foi uma forma dos Estados Unidos oprimirem o resto do mundo na informática. Isso porque o código ASCII representa bem todas as letras (maiúsculas e minúsculas) do alfabeto inglês, e os vários sinais de pontuação usados em inglês, mas não consegue representar caracteres acentuados ou em outras línguas. O ASCII usava apenas sete bits dos oito bits, deixando o bit mais significativo como controle de paridade.

Quando os imperialistas americanos estenderam o código ASCII para incluir caracteres acentuados, fizeram da forma mais escrota possível, de forma que há várias formas diferentes de representar letras acentuadas. Assim, fica praticamente impossível criar arquivos com nomes acentuados de forma que sejam transportados entre computadores diferentes. A coisa é tão escrota, que coisas elementares como macros do Visual Basic escritas no Windows em portuguẽs crasham o Windows em japonês, pela diferença entre a extensão do ASCII para português e para japonês.

Uma tentativa de resolver isso foi a criação do Unicode, que representa qualquer caracter em qualquer língua humana real ou imaginária. O problema é que a Microsoft ainda não aderiu ao Unicode, então quem usa Windows ainda usa algum código escroto que só funciona na versão do Windows que ele está usando.

Ver também