Cinema

De Wikinet
Ir para: navegação, pesquisa

Cinema, que qualquer idiota sabe o que quer dizer, e sabe inclusive que quer dizer duas coisas, [1] é o que, atualmente, [2] é responsável pelos principais desenvolvimentos em pornografia e em tecnologia da Internet.

Explica-se: quando a Internet começou, lá pelos anos 1960 com o nome de ARPANET, o seu maior motivador foi a transmissão de pornografia na forma escrita. Vencida a barreira tecnológica de transmitir os milhares de bytes de texto, foi preciso vencer a nova barreira, que era transmitir até um milhão de bytes, para poder transmitir fotos de mulher pelada com qualidade equivalente às revistas. Com esta barreira superada, lá por volta dos anos 1990, o novo desafio se tornou a transmissão de filmes, ou seja, atualmente o grande driver de progresso é usar a Internet para transmitir longos filmes pornográficos, com bilhões de bytes de informação, mantendo a mesma qualidade que se consegue com estes filmes em DVD.

Claro que esta barreira será, novamente, vencida, e espera-se que, no futuro próximo [3] sejam criadas novas formas criativas de pornografia, e que demandem dos criadores de tecnologia novos desafios, como a transmissão de trilhões de bytes.

Mas o Cinema existia antes da Internet, e, se vai continuar existindo mesmo quando a Internet for substuída por alguma coisa melhor, ninguém sabe. Afinal, o teatro não acabou com a invenção do cinema, mas também, hoje em dia, ninguém mais tem saco de ir ao teatro exceto para ver shows de strip-tease.

Falando um pouco de história, o cinema foi inventado logo depois que inventaram a fotografia, lá pelo final do século XIX, e, assim como a fotografia,[4] logo começaram a fazer filmes pornográficos. E não pense que eram estas porras inocentes e babacas que passam nas madrugadas do Multishow, os filmes do começo do século XX eram de sexo explícito, pau na buceta mesmo. Infelizmente, assim como os filmes convencionais, quase todos filmes desta época foram perdidos.

Sobrou muita porra principalmente a partir dos anos 1930, mas como nesta época o mundo inteiro estava ficando uma merda, como ditaduras assassinas e governos que se diziam democratas mas eram quase tão escrotos quanto as ditaduras em outros,[5] estes filmes são quase todos uma merda.

O cinema voltou a mostrar vitalidade a partir dos anos 1960, quando na Europa passaram a fazer filmes com insinuações sexuais, inclusive com várias personagens lésbicas se pegando. Os anos 1970 são o apogeu dos filmes do gênero chamado de Sexploitation, que são histórias cujo único pretexto era mostrar mulher pelada (peitos e bunda, inicialmente) e cenas de sexo simulado. Como neste tipo de filme o papel masculino é irrelevante (qual é o sentido de mostrar uma cena de sexo que tem um homem, se não pode mostrar o pau entrando na buceta?), a maioria destes filmes tinha, como destaque, cenas lésbicas, inclusive mostrando muito tribadismo (mas sem mostrar as bucetas). Os principais sub-gêneros eram:

  • Women in Prison: uma gostosa era presa, era comida por uma colega de cela sapatão, por uma guarda sádica e conseguia escapar porque seduzia a diretora da prisão;
  • Nunsploitation: gostosa era internada em um convento, e era comida pelas freiras lésbicas;
  • Women in Uniform: o original é um filme feito na Alemanha um pouco antes do nazismo. Uma teen em um colégio só para moças pega suas colegas e é comida pela diretora;
  • Giallo: filmes italianos policiais com bastante violência e mulher pelada;
  • Vampiras lésbicas: gostosa é comida (nos dois sentidos) por uma vampira lésbica, e vira vampira lésbica. Depois ela se vinga (ou não);
  • Nazisploitation: variação do Women in Prison, com o acréscimo de um nazista sádico que tortura a gostosa quando a come (ou em vez de comer, não sei o que é mais cruel)

Nem todos filmes de Sexploitation eram dramáticos, alguns se voltavam para a comédia. Foi através destes filmes de comédia com bastante mulher pelada que a ditadura militar no Brasil foi derrubada: como os censores filhos da puta tinham que censurar tudo que era pornochanchada, não conseguiram reprimir a liberdade de expressão política, e o regime ruiu lá por volta de 1979.

Por outro lado, foi nesta época que também criaram o gênero gore, ou seja, filmes que combinavam putaria com bastante violência. Um dos clássicos é o famoso Cannibal Holocaust (1980), com cenas tão realistas que alguns babacas acharam que era snuff [6][7]

Mas voltando aos anos 1970, foi por causa dos filmes de Sexploitation que os vários governos, sem conseguir reprimir as produções clandestinas, acabaram permitindo que fossem feitos filmes de sexo explícito, ou seja, nada de sexo simulado, agora o negócio é sexo de verdade.

Nos anos 1980, temeu-se que, pela Peste Gay, acabariam os filmes, mas a indústria se adaptou: várias atrizes passaram a fazer apenas cenas lésbicas e vários atores passaram a usar camisinha e a fazer exames de sangue periódicos para provar que só davam a bunda para quem não estava infectado.

A indústria resistiu até mesmo a medidas repressivas, como quando vários governos exigiriam que os atores provassem que eram maiores de 18 anos para poder fazer os filmes. O que pode até valer para Estados Unidos, Europa Ocidental e Japão, [8] mas duvido que valha para República Checa, Hungria ou Rússia.

O resto é conhecido: os filmes pornográficos foram se tornando cada vez mais importantes, e hoje pode-se estimar que até cerca de 50% de tudo que circula pela Internet seja pornografia, sendo que os filmes representam a maior parte deste material.

Referências

  1. Tanto o espaço físico onde o filme é exibido, ou o conceito abstrato que inclui filmes e tudo ligado a filmes.
  2. 2013, quando esta porra deste artigo foi escrito. Pode ser que daqui a 10 anos inventem outra merda.
  3. Ou não: pode ser que algum idiota resolva explodir a porra toda.
  4. Aliás, assim como tudo. Rule 34, porra.
  5. Nos Estados Unidos, por exemplo, quase todas leis de censura surgiram nesta época. Até mesmo em 1934, tinha filmes com gostosas pagando peitinho ou se beijando.
  6. Snuff é um gênero de filme onde é filmada violência real, ou seja, os atores sendo estuprados, mutilados e mortos estão mesmo sendo estuprados, mutilados e mortos. Algumas teorias da conspiração dizem que este tipo de filme pode ser comprado na Deep Web.
  7. E, a partir de 2014, o gênero snuff pode ser encontrado no Youtube e no Facebook (que ainda censuram peitinhos), nos filmes estrelados por Jihadi John
  8. Ih, caralho, falei um monte de merda, mas nem toquei no assunto JAV e nas AV idols. Porra, desculpe, fico devendo.

Ver também

  • Anexo: Lista de filmes : Atenção: a Wikinet não tem uma lista de todos filmes. Neste anexo estão apenas os filmes que tem artigo, ou aqueles dos quais foi extraído um GIF animado para ilustrar algum artigo


Raised by media.jpg
Tópicos relacionados a televisão e cinema

Filmes Séries Programas brasileiros Cartoons Pessoas Emissoras Sites Outros

Obtida de "http://static.uncyc.org/index.php?title=Cinema&oldid=54924"