Criança

De Wikinet
Ir para: navegação, pesquisa
Sem querer defender pedofags, esse negócio de desejo sexual em crianças não existir é dose.

Eu mesmo passei minha infância "transando" com o neto da vizinha e com meu primo. (isso começou aos 6~7 anos).

Trancávamos a porta e brincávamos de "lamber bunda", "luta de pinto", de "chupa chupa" (fazíamos 69), e tentávamos enfiar um no cu do outro sempre sem sucesso e obviamente sem alcançar orgasmo em nenhuma dessas vezes.

Não sabíamos o porque de fazer aquilo, simplesmente fazíamos.

—Anônimo

Ah criança, a inocência, a pureza, a beleza...

As crianças são os noobs da vida real, e como todo noob, é fácil ownar eles. Garotos de 13 anos e garotas de 16 anos são crianças, o que explica o porquê de pedófilos gostarem deles. As crianças são pessoas que ainda não descobriram que a vida é só sofrimento, e eles começam a descobrir isso assim que entram na escola (lá pela 6° série já começam a pensar em suicídio) e depois que completam o segundo grau, já perdem todas as esperanças e se acostumam com uma vida miserável em um emprego de merda mal pago e com uma esposa feia e com cinco filhos (e quando criança sonhava em ser astronauta e achava as garotas nojentas).

Uma criança pode ser considerada a criatura mais chata de todas. Quando elas não tem o que querem, elas choram e fazem um escândalo do caralho, fazendo qualquer um parecer um mau pai. Se sempre que seu filho chorar você der o que ele quer, então ele vai ser um mimadinho de merda e vai sempre depender de você. As crianças podem ser comparadas com os cachorros, pois ambos fazem barulho durante a noite, cagam/vomitam no chão, fazem você gastar dinheiro com eles, entre outras coisas. Infelizmente, diferente dos cães, as crianças vivem mais, te fazem gastar mais, e conseguem falar. Se você está escolhendo entre ter um filho ou um cachorro, escolha o cachorro.

Coisas que as crianças gostam de fazer:
  • Chorar.
  • Gritar.
  • Falar coisas sem sentidos.
  • Outros modos de attwhorismo.
  • Encher o saco dos pais por brinquedos/doces/coisas inúteis.
  • Encher o saco de qualquer pessoa sem razão.
  • Encher o saco de animais até eles as atacarem e assim choram se passando de vítimas.
  • Correr sem razão.
  • Chamar qualquer um de "tato" (mas isso os próprios adultos incentivam).
  • Querer saber informação demais.
  • Chupar tetas.
  • Mexer com pedaços de plástico inúteis.
  • Fazer amizade com qualquer um.
  • Confiar em estranhos.

OTI[editar]

Alguns idiotas ainda se perguntam o porque de não deixar as crianças acessarem as Interwebz. Você não pode enxergar a beleza da criança de um modo diferente que um bando de moralfags vão xingar muito no Twitter nessa merda de site ae.
Crianças são um grande alvo da inclusão digital, também. Sua inteligência na Internet não difere muito da de favelados que não sabem o que é um mouse.

Nas Interwebz, as crianças são uma das espécies mais chatas de todas, mais chatas que negros e garotas de 16 anos, só perdem para os furfags. As crianças não se tocam que elas não deveriam estar nas Internets e nem no computador,deveriam estar brincando de alguma merda tosca que por alguma razão a faz se divertir. As crianças se acham adultas por saberem usar as Internets, sendo que qualquer macaco sabe fazer isso. Por sorte, muita gente discrimina as crianças nas Internets, sendo que "criança" é uma ofensa.

As crianças costumam usar os seguintes sites para seu atttwhorismo:

  1. Orkut ninguém mais usa essa merda pois não recebem atenção alguma
  2. Facebook
  3. Twitter
  4. deviantART
  5. YouTube
  6. Sites de jogos
  7. Fóruns de merda
  8. Chans, de tarde

Normalmente as crianças acabam em sites de bate-papo com pedófilos, tipo o UOL e o Girl Chat, assim sendo estupradas e sendo vítimas de lulz.

A inocência da criança[editar]

A "inocência" e a "pureza" da criança são coisas inventadas pela sociedade para incentivar o moralfaguismo. Crianças na verdade podem ser mais safadas e maléficas que você. Tudo depende da educação dos pais, que na maioria das vezes são moralfags. Mas quando acontece da criança não ter pais moralfags (ou seja, 99% são por parto acidental), ela acaba fazendo o que quiser, sem ter limites, e começa a fazer coisas como usar/vender drogas e se prostituir.

A inocência da criança é apenas algo inventado pela sociedade para esconder das crianças o que a sociedade realmente é. Com o passar dos anos, as crianças vem sendo sexualizadas cada vez mais cedo. E isso é muito legal pois assim as crianças tem outra brincadeira bem divertida para fazer!

Estágios[editar]

Nesta idade, as crianças não sabem a sorte que tem.
Algumas crianças esquecem de crescer.
  • 0 a 5 anos: Neste período você pode fazer o que quiser com a criança, porque ela não vai lembrar de nada depois, mas é capaz de ela sofrere de algum trauma. Neste estágio, as crianças pensam (se é que pensam) que os adultos são idiotas, porque eles agem feito babacas na frente deles (mas depois agem como "exemplos"). As crianças nesta idade são totalmente dependentes dos pais, e depois quando estão mais velhas começam a reclamar de tudo e fogem de casa dizendo que não precisam mais de seus pais.
  • 5 a 10 anos: Neste período a criança começa a fazer perguntas do tipo "de onde vem os bebês?", "porque meu peru alevanta quando eu vejo uma menina?", "porque sempre que eu vou no banheiro a noite o papai bate em você e no dia seguinte você parece tão feliz?", e todas as respostas que você dá são: "porque Deus quis" (a não ser que você queira que seu filho seja ateu, neste caso, diga que Richard Dawkins quis). Pelo menos a religião serve pra alguma coisa.
  • 10 a 13 - Nesta época a criança está saindo da infância e virando um aborrecente, aí eles começam a se achar já "adultos" e querem sair logo da infância para virar adultos, porque pensam que ser adulto é legal, mas não importa o que você seja, você sempre vai achar que ser outra coisa é mais legal (quando se é adulto, queria voltar a ser criança, mesmo que a infância fosse uma merda). É nesta época também que os meninos começam a perceber que as meninas não são tão nojentas assim e as meninas percebem que podem obrigar os garotos a fazerem o que quiserem, desde que deixem ver o rabo delas, que ainda não está bem desenvolvido.
  • 13 a 16 - Nesta parte eles começam a virar os punheteiros crônicos, começam a ter espinhas, a se estressar mais, a culpar todas as falhas deles pela criação dos pais, e começam pela primeira vez a pensar em suicídio, mas são medrosos demais para fazer isso. Se a criança não for uma puta, então é nesta época que ela começa a ter suas primeiras experiências (se a criança for puta então já perdeu até a virgindade, só há exceções se a criança foi estuprada por alguém): primeiro beijo, primeiro(a) namoradinho(a), primeira punheta, primeira vez a dizer aos pais que os odeia e um monte de outras coisas idiotas. Nesta época a criança percebe que não a vida não é só brinquedos, e que eles não vão ajudá-la a ter um bom futuro.
  • 16 a 18 - Nesta parte da adolescência, a criança vira uma babaca. Além de ser babacas, as crianças começam seriamente a pensar no futuro, e largar sonhos como os de ser astronauta e outras coisas que na ideia deles é "divertido".
  • 18 a XX - Depois dos 18 anos a criança já é adulta e cuida de si mesma. Os pais são internados em algum asilo. Pedobear perde o interesse pelas crianças quando elas chegam a esta idade (slowpoke: ele perde o interesse por elas bem antes).

O Dia das Crianças[editar]

O Dia das Crianças (12 de outubro) foi uma data inventada pela ONU em que foi aprovada a Declaração dos Direitos da Criança (até parece que alguém se importa com as crianças). Mas claro que as crianças não fazem ideia do porquê da existência desta data, só se importam em ganhar presentes, assim como no Natal, em que as crianças estão pouco se fodendo para Jesus Cristo, ou na Páscoa, mesma coisa. Você pode gerar lulz ao falar às crianças com mais de 10 anos que elas estão velhas demais para ganharem presentes no Dia das Crianças.

Direitos da criança[editar]

As crianças são o futuro da humanidade, e por isso que o mundo vem piorando a cada ano, logo chega o fim do mundo.

Os direitos da criança foram inventados porque as crianças cansaram de ser maltratadas pelos adultos (note que agora é ao contrário, as crianças maltratam os pais, os professores, etc). Depois de muita pesquisa, o governo descobriu que as crianças são humanos também, por incrível que pareça (assim como os negros), e por isso elas merecem ser respeitados como todos, ou seja, todo mundo as odeia, mas tem que respeitá-las, igual os velhos e negros.

Fatos legais sobre as crianças[editar]

  • As únicas pessoas que se importam com as crianças são os pais delas.
  • Quando os pais têm mais de um filho, eles não podem escolher um preferido, por achar isso errado, mas os filhos deixam claro quem é o preferido deles entre o pai e a mãe.
  • Todo mundo já foi criança, e todos regretam duro.
  • As crianças não veêm muita utilidade no pênis/vagina delas a não ser mijar, e para elas, mijar é chato.
  • Todas as datas comemorativas, para as crianças, só significam uma coisa: presentes!
  • No início, as crianças acreditam em Papai Noel e Coelinho da Páscoa, quando viram adultas, acreditam em Deus e Jesus Cristo.
  • A mente das crianças é a mesma de um adulto retardado mental.

Como pwnar uma criança[editar]

Pwnar uma criança, seja IRL ou na Internet, é muito fácil, porque elas são ingênuas e fracas, aqui vai algumas maneiras de pwnar uma criança:

  • Bater: Crianças são fracas, então você pode gerar lulz batendo nelas, não precisa espancar a criança (você seria preso de qualquer maneira), é só dar um tapinha que ela já cai no chão e começa a chorar (ela não está chorando porque se machucou, ela está chorando por causa da humilhação e porque criança gosta de chorar).
  • Assustar: As crianças acreditam em várias bobagens: Papai Noel, Coelhinho da Páscoa, por isso, acreditam em coisas assustadoras como fantamas, vampiros, lobisomens, etc. Basta você contar a elas que estas criaturas existem e podem matá-las a qualquer hora. Ou você pode usar o método abaixo que pode pwnar qualquer um, até adultos:
  • Enganar: Crianças, por serem novas, ainda são estúpidas demais para terem noção de certas coisas, então elas vão acreditar em qualquer coisa que você disser, pois você é mais velho (ou ao menos presume-se que você é, se não, não deveria estar nesta wiki, pegue a foda fora agora). Desta maneira, você pode enganar a criança e gerar bastante lulz com isso, por exemplo:
  • Mandar pr0n: Se você estiver conversando com uma criança pela Internet, mande pornografia para a mesma, pois ela é inocente e provavelmente nunca viu isso (aviso: atualmente, é difícil encontrar crianças assim, pois elas andam manjando muito das putarias). Para gerar extra-lulz, explique tudo sobre sexo para ela, mas explique tudo errado de uma maneira absurda, ela vai acreditar e provavelmente irá crescer acreditando no que você disse, a não ser que alguém explique a ela ou ela se dê o trabalho de pesquisar na Internet (é por isso que você precisa elaborar bem suas mentiras). Outra tática é tratar do sexo como algo que não é tabu, para que a criança fale putaria para seus parentes e amigos sem hesitar.

Ver também[editar]

Ligações externas[editar]