Democracia

De Wikinet
Ir para: navegação, pesquisa

A democracia já existiu verdadeiramente?

Vos pergunto isso fundamentando-me na definição primitiva do conceito de "democracia", desenvolvido ainda antes de Cristo pelo ateniense Clístenes, que se baseava na liberdade (apesar das exclusões encontradas naquele tipo de democracia, o objetivo final era fazer com que a sociedade pudesse encontrar de, alguma forma, a liberdade). Segundo Aristóteles, "Uma característica da liberdade é ser governado e governar por turno; com efeito, constituindo a justiça democrática em ter todos o mesmo numericamente e não segundo o merecimento, forçosamente tem que ser soberana a multidão e aquilo que é aprovado pela maioria tem que ser justo". Para mim, isso ainda tem muita coerência e pode-se dizer que é bem atual.

Em suma, ao nos basearmos nisso, podemos concluir que, supostamente, haverá liberdade e extinção de tiranos oportunistas.

Eu, particularmente, simpatizo muito com os conceitos da democracia e acredito que seja o ideal, mas... será que é possível colocá-la em prática? Seria a democracia mais um exemplo de utopia?

Vamos aos meus argumentos:

Em Atenas jamais houve uma legítima democracia. Está longe de ser um "modelo" de democracia, uma vez que, como eu já disse antes, existiam grupos sociais que eram excluídos do processo.

URSS? Apenas não. A nomenklatura é o melhor exemplo para o que estou querendo dizer, e, como bem se sabe, não era nada fácil entrar naquele meio poderosíssimo.

EUA? Também não, e isso é bem nítido quando percebemos que, assim como aqui no Brasil só temos como escolher entre PT e PSDB, lá eles apenas podem decidir entre Partido Republicano e o Partido Democrático, uma vez que os demais partidos não têm a mínima chance nas "eleições". Os norte-americanos nunca viram uma verdadeira democracia ali (vide os laços fraternais entre as famílias de Osama e Bush, além dos "contatos" de Barack Obama). E a monarquia democrática da Inglaterra também não me convence. Não vejo verdadeira satisfação por parte do povo e acho que o parlamento está longe de dar qualquer tipo de liberdade aos cidadãos.

E ainda digo que, por intermédio da publicidade pesada e da utopia da meritocracia, que, por conseguinte, faz com que a massa seja manipulável, resulta em duas potências. Em sempre apenas duas escolhas, entre dois partidos soberanos e levemente diferentes; ou seja, as verdadeiras mudanças demoram a aparecer. O povo só pode escolher entre seis e meia-dúzia; e o pior é quando há casos como no Brasil, em que presenciamos uma deplorável hegemonia petista.

O meu ponto é: a democracia contemporânea é apenas uma mercadoria. Os conceitos morreram de pouco em pouco. Talvez eu esteja sendo extremista, mas acho que posso dizer que a democracia está morta, ou até mesmo nunca nasceu.

A massa é manipulada; não tem condições de alcançar o conhecimento (graças à educação fornecida pelo Estado), a massa vota obrigatoriamente. A massa não é politizada. A massa faz com que o país regresse cada vez mais. A massa não tem culpa disso. Os ideólogos da social-democracia corroem o mundo cada vez mais.

Enfim, talvez os conceitos filosóficos (o Objetivismo, dizendo com mais exatidão) de Ayn Rand tenham sido bem observados e o Homem seja, de fato, individualista por natureza, de modo que, ao meu ver, a democracia seja utópica. Sempre teremos os ideólogos, os tiranos, os oportunistas e os egoístas. Qualquer leitura bem feita de Machiavel já é necessária para o nascimento dalgum estatista antagônico que se encaixa no estereótipo de Bonaparte, Stalin, Hitler, Mussolini, e cia.

O argumentador nato e de má índole está sempre disposto a governar e a estar na hegemonia.


Ah, e me esqueci de falar acerca dos órgãos repressores do Estado. A PM é um ótimo exemplo disso.


Democracia é mais do que ir até as urnas e votar. Democracia implica em ter acesso aos fatos de fontes primárias e juízo para avalização. Esse juízo a ser feito só pode ser feito com base em valores superiores, ou seja, com base nos valores judaico-cristãos.

Mas democracia também é mais do que ter acesso e juízo dos fatos. Democracia também implica na liberdade de excluir do poder aqueles que foram eleitos, seja via voz ou via chumbo. Veja, aqui eu não estou falando do "direito". Esta liberdade é dado por Deus e não cabe a nenhum humano em tirar ou regular a liberdade de auto-governo.

A democracia é algo para uma população altamente capacitada e dotada de valores transcendentes. Aplicar democracia em uma população cujos valores foram todos invertidos é dar a uma criança responsabilidades de adulto.

Daquilo que eu estudei e sei, a democracia só foi algo benéfico durante um ou dois séculos nos EUA. Mas hoje não há mais como voltar a monarquia. A linhagem de Carlos Magno já se perdeu faz séculos