Grand Theft Auto

De Wikinet
(Redireccionado de GTA)
Ir para: navegação, pesquisa
Típico jogador do GTA.

{{#invoke:Título em itálico|main}} Grand Theft Auto, mais conhecido por GTA porque Grand Theft Auto é difícil de pronunciar (tem gente que nem sabe de que GTA é sigla), é uma série de jogos revolucionários em que, diferente dos outros jogos, você é o bandido e o chefão. Em vez de salvar o mundo, você só o piora e o faz ser melhor para você; o resto das pessoas que se foda.

A série GTA tem vários jogos, mas em todos eles o objetivo é sempre o mesmo: roubar carros, explodir carros, matar pessoas, roubar as pessoas e matar gangues. A única coisa que muda conforme os jogos é a história, mas tem jogadores que não estão nem aí pra história e só querem mesmo matar gente e roubar carros que eles não teriam de verdade nem em sonho.

A série GTA é uma das mais prestigiadas no mundo dos games, mas por causa do seu conteúdo violento e adulto, também causa polêmica pra caralho, tanto que conseguiram censurar a venda do jogo para pessoas menores de 18 anos por causa da ESRB (exceto no Brasil, porque tudo que acontece no GTA aqui é comum), mesmo todos sabendo que até crianças de 8 anos jogam.

Para que serve o GTA

O que a maioria dos jogadores de GTA fazem no jogo.

O GTA foi visto pelos traficantes como um jogo que simula a vida real mesmo (só a do Brasil), portanto eles decidiram que o mesmo seria usado como treinamento para menores de idade que quisessem ingressar no mundo da igreja do crime. O projeto tem 2 anos e vem melhorando cada vez mais, trazendo benefícios para o mundo do tráfico.

Assim evita-se problemas futuros, tendo que elimina-los por motivos bestas. Este garotinho já está treinando:

Jogos

GTA 1

Veja mais do mesmo em Grand Theft Auto (jogo)

GTA1.jpg

Apesar de ser dito que o primeiro GTA era 2D, isto é uma mentira meia verdade. Apesar dos sprints (personagens e veículos) serem 2D, prédios e outras construções eram claramente 3D. A verdade é que não faria sentido um jogo lançado em plena era do PS1 em 1997 ser 2D e ter ficado tão famoso. Mas é importante lembrar também que este GTA era jogado de cima (visão aérea).

O primeiro GTA também tem uma distinção importante de seus sucessores: você escolhe o personagem jogável (por base existem 8 para escolher, mas é possível destravar mais), só que ele não faz diferença na história. Diferente dos três protagonistas do GTA V, as missões e situações enfrentadas por todos os personagens do GTA 1 são as mesmas. Sendo assim, esses "personagens" servem mais como skins.

O protagonista que você escolhe é um bundão das ruas que não tem nada para fazer e tem o poder de aparecer perto de uma cabine telefônica bem na hora que algum bandido ou mafioso está oferecendo trabalho. Assim como nas séries seguintes, as missões são sempre iguais: matar alguém ou várias pessoas ou roubar alguma coisa, ou ambos.

O gráfico bem mais simples deste jogo permitiu com que vários mapas fossem criados pra ele. Ele é jogado em três cidades americanas fictícias: Liberty City (baseada em Nova Iorque), San Andreas (baseada em São Francisco) e Vice City (baseada em Miami). Estas mesmas cidades são reutilizadas em jogos seguintes, porém completamente remodeladas e San Andreas vira até um estado (ver explicação das eras).

  • Expansões London - Após o sucesso do jogo, foram feitas duas expansões com os nomes de London, 1969 e London, 1961, com o título autoexplicativo sobre onde se passam e em que época. É o mesmo jogo, só que em Londres e com histórias e personagens diferentes. Curiosidade: o London, 1961 conta com um multiplayer jogado num mapa de Manchester, uma outra cidade inglesa.

GTA 2

GTA 2.JPG

Este é com certeza o GTA mais estranho já feito. Começa pelo nome da cidade em que ele se passa: Anywhere City, que literalmente significa "cidade qualquer" ou "cidade em qualquer lugar". Segundo que não se sabe ao certo se o jogo se passa no ano em que foi lançado, 1999, ou no futuro, em 2013, sendo que há pistas dentro do jogo indicando as duas teorias (é mais fácil acreditar que foi furo dos desenvolvedores). O protagonista chama Claude Speed, mas ninguém dentro do jogo o chama assim (e há uma confusão com o protagonista do GTA III, que também "chama" Claude).

Neste GTA, gangues começaram a ficar mais importantes para a história (enquanto no primeiro você era mais um criminoso avulso). Foi no GTA 2 também que foi introduzida a alternância entre dia e noite dentro do jogo (só que não é um ciclo automático; você tem que mudar você mesmo pra noite ou dia). Em questão de gráficos, ele é uma versão um pouquinho melhorada do GTA 1, ainda com visão aérea. O aspecto geral da cidade do jogo é futurista.

GTA III

GTAIII.jpg

Lançado em 2001, o GTA III foi o primeiro GTA totalmente 3D e jogado "de frente" (apesar de também possuir uma câmera que muda a vista para aérea para os que ainda estavam acostumados assim). A história do jogo não é explicada em muitos detalhes, então parece ser um pouco desconexa ou difícil de entender a princípio. O protagonista é mudo, portanto não fala nada, e também é frio e não demonstra emoções; isto dificulta ainda mais o entendimento do que está acontecendo. Você vai ver em todo lugar na internet que o nome dele é Claude, mas este nome nunca é falado dentro do jogo, assim como o do GTA 2. Algumas outras coisas dos dois GTAs anteriores também reaparecem aqui, já que ideia original era que o GTA III fosse uma espécie de continuação.

Claude é um assassino frio movido por dinheiro e por vingança de sua namorada latina Catalina, que o trai na primeira cutscene do jogo. Ele não demonstra nenhum tipo de compaixão ou lealdade por ninguém e está apenas interessado em concluir missões por dinheiro, já que ele trai todas as gangues para qual ele faz missões.

O GTA III (o primeiro a usar números romanos na numeração) se passa na cidade de Liberty City (uma versão diferente das versões dos GTAs 1 e IV; ver explicação das eras). A cidade é dividida em três ilhas (a terceira ilha é na verdade uma espécie de península): Portland (setor industrial), Staunton Island (setor comercial) e Shoreside Vale (setor residencial). O jogo começa em Portland e as outras duas regiões são desbloqueadas conforme o jogo avança.

Apesar de ter sido revolucionário na época de seu lançamento, este GTA tem algumas limitações para quem está acostumado com os mais avançados:

  • Não tem motos
  • O protagonista morre ao cair na água
  • Só tem 11 armas
  • A única aeronave é um avião quebrado super difícil de pilotar
  • Não tem mapa (só o radar na tela)
  • Não tem nenhuma recompensa por completar o jogo 100%

GTA Vice City

GTAVC.jpg

O GTA Vice City foi lançado em 2002 e possui algumas melhorias em relação ao seu antecessor. Agora existem motos e helicópteros, há bem mais armas, e você ganha uma camiseta exclusiva quando completa 100% mas o protagonista ainda morre se tentar nadar. Se passa na cidade turística praiana de Vice City (inspirada em Miami) e seu protagonista é Tommy Vercetti, um viajante de Liberty City.

Este GTA faz bastante uso da cor rosa (ui!).

GTA San Andreas

Cena comum em San Andreas.

San Andreas (ou The Sims: Nigger Edition), lançado em 2004 para consoles e 2005 para PC, não é muito diferente dos outros GTAs: é baseado em roubar carros e matar pessoas. Bem, isso depende do gosto do jogador (se ele é um psicopata ou não), pois o jogo tem o objetivo de acabar com as gangues e com a máfia, mas de um jeito diferente, porque você é um vilão puto que acaba com os outros vilões, já que eles são problemas no teu caminho.

San Andreas tem missões com objetivos diferentes, mas elas se voltam sempre para o mesmo final. O protagonista é um negão chamado CJ (Carl Johnson) (a pronúncia é ci-djei e não "cê-jota") que vive entre gangues. Este GTA introduziu a possibilidade de nadar em rios e lagos e de moldar o personagem de acrodo com atributos como musculação, gordura, estamina, apelo sexual, respeito etc. De acordo com essas características, o CJ poderá ficar musculoso, gordo, correr menos ou mais e assim por diante. Também foi inserida a possibilidade de trocar de roupa, um modo mais direto de manusear skins.

O San Andreas foi de longe o GTA mais popular e mais vendido de todos os tempos. Foi o best-seller do PlayStation 2.

Também foi o primeiro GTA a mencionar familiares do protagonista. Por exemplo, o CJ tem o seu irmão Sweet sua irmã Kendl (dublada por Yo-Yo; até que ela era jeitosinha há 20 anos atrás[1]).

CJ, o protagonista.
  • História (contém spoilers):

Em 1987, após a morte de seu irmão caçula (Brian), Carl decide ir para Liberty City. Lá, vive fazendo pequenos serviços para Joey Leone (filho de Salvatore Leone), até 1992 quando sua mãe é assassinada pelo seus rivais, os Ballas (ou o "Sabre Verde").

Ele inicialmente volta à cidade natal para o enterro, mas decide ficar e reconstruir a vida que deixou cinco anos atrás. CJ ajuda a reerguer a antiga gangue de seu bairro, a Grove Street Families.

No percurso ele faz amigos, como Woozie e trabalha como capacho de alguns caras filhos da sogra, como Mike Toreno (que diz ser um agente e poder libertar seu irmão da prisão) e Oficial Tenpenny. Nesse meio tempo, CJ fica perdido com a traição dos seus "amigos" Ryder e Big Smoke e com a prisão do seu irmão, Sweet.

Ao longo do jogo, CJ trabalha como um idiota fazendo favores para o Woozie e "sujando as mãos" por causa dos filhos da sogra. Depois que faz todos os trabalhos em Las Venturas e San Fierro, ele retorna para a Grove, indo buscar seu irmão, que não quer de jeito nenhum ir para uma mansão nas colinas e sim ser um fodido e ficar na Grove ajudando a recuperar os territórios (na verdade quem faz isso tudo sozinho é o Carl, ou seja, você, se fode aí).

No final do jogo ele mata o policial corrupto, Frank Tenpenny e Smoke. Logo depois que você finaliza a última missão, o jogo te dá acesso para fazer qualquer coisa.

GTA IV

Bob Suicide em cosplay da Lola

GTA IV, de 2008, foi o primeiro GTA para consoles de sétima geração (PS3 e Xbox 360), portanto com gráficos avançados, chamados de HD. Introduziu também muitos detalhes em todas as áreas: enredo, mapa, jogabilidade e realismo. O GTA IV se passa em um universo totalmente à parte dos GTAs anteriores.

Outra coisa introduzida no GTA IV foi a possibilidade de fazer escolhas que mudam a história. Por exemplo, em certos pontos o protagonista deve escolher entre matar um inimigo ou deixá-lo viver. Dessa maneira, o jogo tem dois finais diferentes.

O protagonista do GTA IV é um ex-militar sérvio chamado Niko Bellic, que imigra para Liberty City no intuito de encontrar seu primo Roman e viver o "sonho americano": uma vida de luxo e riqueza. No entanto, quando ele chega lá o que ele encontra é justamente o oposto: dificuldades financeiras e problemas com gangues e criminosos.

Botaram uma gostosa (Lola) na capa do produto, mas só para enganar trouxa, porque no jogo mesmo ela não fica pelada; aliás, ela nem sequer aparece.

  • Expansões Episodes from Liberty City - O jogo conta com duas expansões, The Lost and Damned e The Ballad of Gay Tony (sim, Gay Tony é o nome de um personagem), que juntas formam o pacote Episodes from Liberty City. Como é de se deduzir, elas adicionam mais missões e uma história nova ao jogo.

GTA V

Os três protagonistas do GTA V.

GTA V, de 2013, é o mais recente título numerado da franquia, considerado um dos melhores jogos já feitos. Ele bateu o recorde em todos os quesitos: gráfico, popularidade, complexidade da história, jogabilidade e por aí vai.

O GTA V reintroduziu o conceito do primeiro jogo da série de poder jogar com mais de um protagonista. Só que desta vez, cada protagonista tem uma história diferente e eles podem até interagir entre si, com o jogador podendo alternar entre eles.

O jogo se passa na versão "HD" do estado de San Andreas (que na verdade é só uma parte do estado). É o maior e mais detalhado mapa já usado num GTA. Os mistérios, iguais os do GTA San Andreas (como o pé-grande), foram reintroduzidos aqui para tornar a história mais interessante.

Outros

Os sete jogos listados acima são os principais e que introduziram os mapas e personagens (importantes) à série. Além destes, foram lançados também alguns jogos menores que reutilizam os mesmos mapas ou trilha de história dos anteriores.

  • GTA Advance - Versão do GTA para Game Boy Advance (GBA), lançada em 2004. Se passa na mesma cidade do GTA III mas assim como os GTAs 1 e 2, tem gráficos 2D e visão aérea.
  • GTA Liberty City Stories - Jogo exclusivo do PS2 que revela mais coisas sobre a história do GTA III e se passa na mesma cidade. Lançado em 2005.
  • GTA Vice City Stories - O mesmo que o de cima, só que para o GTA Vice City. Lançado em 2006.
  • GTA Chinatown Wars - Lançado em 2009, se passa na mesma cidade do GTA IV e o protagonista é um chinês.
  • Os GTAs I e IV possuem algumas expansões. Conferir em suas seções acima.

Eras

Tem uma coisa muito importante que todo fã de GTA precisa entender: os jogos são divididos em eras. Como o GTA foi uma série que passou por várias gerações, desde a época do PS1 até os consoles e PCs atuais, o aspecto de seus jogos foi mudando completamente: os gráficos, a história, o gameplay etc., tudo foi ficando mais complexo. Quando foi lançado o GTA IV, um jogo completamente remodelado, a Rockstar anunciou oficialmente esta divisão em eras da série GTA, para evitar confusões e fazer os fãs entenderem que crossovers com jogos anteriores eram impossíveis.

Desta maneira, os jogos são divididos entre as seguintes eras (lembre-se que como este conceito foi uma espécie de "solução repentina" para um problema, ele é meio falho):

  • Era 2D - GTA 1 e GTA 2
  • Era 3D - GTA III, Vice City, San Andreas e outros
  • Era HD - GTA IV, GTA V e outros

Supostamente, cada era é pra ter o seu próprio "mundinho", com seus personagens e cidades separados, sem interagir com o outro. Isto significa que o CJ, por exemplo, não pode aparecer no GTA IV ou V. Na prática, no entanto, isto é bem irregular e vários personagens menores e outras coisas de eras anteriores voltam a aparecer de uma forma ou de outra em eras recentes. Além disso, certos jogos da mesma era acabam tendo pouca ou nenhuma conexão entre si (GTA 1 e 2 não têm conexão alguma, por exemplo).

Esta divisão também serve pra explicar por que há cidades diferentes com o mesmo nome. Por exemplo, existem três versões de Liberty City: uma no GTA 1, outra no GTA III e outra no GTA IV; apesar das três terem o mesmo nome e serem baseadas em Nova Iorque, elas são completamente diferentes entre si. San Andreas, que no GTA 1 era uma cidade baseada em São Francisco, no GTA San Andreas virou um estado que inclui três cidades: Los Santos (Los Angeles), San Fierro (São Francisco) e Las Venturas (Las Vegas) e uma grande área florestal e rural, enquanto que no GTA V, San Andreas volta a ser um estado, mas você só pode explorar uma parte dele que contém uma cidade (Los Santos) e uma área florestal e rural; esta parte parece ser uma ilha gigante.

Ver também

Referências