Maria-chuteira

De Wikinet
Ir para: navegação, pesquisa

Maria-chuteira é a puta que dá para um jogador de futebol.

Claro que você já sabia disto, não veio aqui para ler o óbvio, para isto já existe uma outra wiki, com muito mais artigo e bem menos conteúdo por artigo que esta merda, esta wiki se chama Wikipédia em português.

Então vamos falar sobre o que não é óbvio. Ou sobre o que é óbvio, mas mesmo assim tem gente que não fala.

Bruna Marquezine ficou com fama de puta barata depois de namorar o Neymar e agora tem que rebolar para voltar a ter fama de puta cara [1]

O que é óbvio é que as marias-chuteiras só passaram a existir no momento que jogadores de futebol passaram a ganhar dinheiro, aliás, muito mais dinheiro do que seus cérebros atrofiados conseguem entender. Então é natural que as putas tenham aparecido para fazer a redistribuição de renda, no início apenas usando apelos sentimentais, depois através de ações demoradas na justiça e, finalmente, através do teste do DNA que, se não é infalível, pelo menos consegue pegar a maioria dos casos.

A relação das putas com atletas ricos e burros, obviamente, também não começou com os jogadores de futebol. Lá no passado, na Grécia Clássica, em que os herois em tempos de paz eram os vencedores dos Jogos Olímpicos, já havia o equivalente às marias-chuteiras (marias-olímpicas?) porque um vencedor destes jogos podia comer quem ele quisesse. Mas, como na Grécia havia um grande elemento homoerótico e atleta, por causa do seu caráter narcisista, tem tendências homossexuais maiores que o resto da população, acabava que havia mais garotinhos dando a bunda para os atletas do que putas parindo filhos com estes atletas. Apesar do registro histórico estar cheio de lacunas (porque os escritores antigos preferiam fofocar sobre relações entre viados), alguns atletas são mencionados como comedores de marias-olímpicas, como Milon de Crotona que comeu a filha do Pitágoras (ele mesmo, aquele filho da puta que inventou o Teorema de Pitágoras, que só serve para fuder a nota de matemática de quem não é nerd, e atrapalhar o No Fap de quem é).

Hoje em dia, as marias-chuteiras são uma tradição mundial, e tem nomes próprios em toda cultura que aprecia o futebol (ou seja, todo o mundo, menos os Estados Unidos). Na Inglaterra, elas são chamadas pelo acrônimo WAGs, de wifes and girlfriends que, apesar de ser um termo pejorativo, não carrega tanto quanto o termo em português o fato da maioria (com honrosas exceções, como a cantora Shakira) ser formada de putas baratas.

Ambox plus.png Este artigo precisa de mais uma conclusão
Você pode ajudar a Wikinet adicionando mais uma conclusão.
Ambox plus.png Este artigo precisa de mais um anexo com as Top Ten marias-chuteiras
Você pode ajudar a Wikinet adicionando mais um anexo com as Top Ten marias-chuteiras.

Referências