Sites de putaria

De Wikinet
Ir para: navegação, pesquisa

Sites de putaria são o principal motivo pelo qual a maioria das pessoas acessa a Interwebz e é o principal driver econômico que motiva novidades tecnológicas como o aumento da banda. Afinal, pela Rule 34, logo que inventaram a Internet, a primeira aplicação prática foi usá-la para transmitir pr0n digitalizada, sob a forma de imagens GIF.

Assim como não dá para definir rigorosamente o que é putaria ou pornografia, também não dá para definir o que são sites de putaria. Para efeitos didáticos, portanto, vamos dar uma definição de trabalho, e basear este artigo sobre esta definição, em que o sujeito (você) é um adolescente macho típico da segunda década do século XXI:

Um site de putaria é qualquer site que você se sentiria constrangido de abrir na escola, no trabalho, na casa da sua avó ou no quarto da sua prima de 8 anos de idade, mas que não teria nenhum problema de abrir quando estivesse com seus amigos.

Na Alexa, os sites de putaria são subcategorizados de forma totalmente idiota. Em vez de fazer com lógica, ou seja, separando quem produz, quem distribui, quem pirateia, quem comenta, etc, eles dividem em:

Como a categorização da Alexa é totalmente inútil, vamos adotar uma outra forma de estudar o sites de putaria.

De modo geral, sites de putaria podem ser divididos em quatro (ou outro número, foda-se, não estou contando) grupos:

Sites produtores de putaria[editar]

São os sites de putaria que produzem material próprio. Normalmente, estes sites tem duas áreas: uma área aberta, que qualquer um pode acessar, e outra restrita, para assinantes. Muitas vezes eles apresentam aquela tela dizendo "Este site tem putaria! Se você tem menos de 18 anos (ou alguma outra babaquice legal) então cai fora, pirralho!", mas a maioria sabe que ninguém responde isso com a verdade, então foda-se, nem tem a marca.

A diferença entre a área aberta e a área restrita costuma ser, na maioria dos casos, no grau de nudez das imagens e vídeos (a diferença costuma ser de, no máximo, 1 ponto, raramente de 2), e aqui ocorre um fenômeno muito interessante. Sites comportados costumam ter um grau de nudez bem menor em suas áreas restritas do que outros sites em sua área aberta, ou seja, qual é o sentido de ter uma área restrita? Praticamente qualquer tipo de nudez, desde teasing até pornografia hardcore pode ser encontrado de graça. Possivelmente é algum elemento de fetichismo, o cara paga para ver aquela gostosa um pouco mais pelada do que ela estava antes. Na maioria das vezes, porém, a gostosa costuma fazer um lento strip-tease nos sites de putaria, porque começa fazendo teasing e, alguns anos depois, já está fazendo dupla penetração anal, tudo para manter ativa a presença de assinantes no site, porque quem vai pagar um ano seguido para ver a gostosa apenas de handbra?

Outros sites produtores de putaria costumam manter o mesmo conteúdo nas áreas abertas e restrita, mas oferecem bônus para quem paga: pode se ver livre de banners, de delays ou ter acesso a imagens com melhor resolução, arquivos antigos ou vídeos com mais detalhes.

Exemplos: Vírgula (site), The Girl BALEETED, Morango (site) BALEETED, Met-Art, Twistys, etc.

Sites redistribuidores de putaria[editar]

São os sites que pegam coleções dos sites produtores de putaria e redistribuem as putarias que estão na área pública. Isso parece babaquice, se está na área aberta, então porque não ir direto ao site produtor?

Os motivos são vários. Um deles é que os sites produtores de putaria tem o péssimo hábito de tratar as gostosas como mercadoria descartável, e muitas delas são gostosas que não tem direito a sobrenome, sendo identificadas por nomes que não dizem nada. Os sites redistribuidores de putaria costumam trazer este material organizado, então, para um fã de alguma gostosa, é sempre melhor ir primeiro em um site redistribuidor de putaria e, só depois, ir aos produtores.

Outro motivo é que os sites produtores de putaria não tem interesse em manter arquivos antigos, e cabe os sites redistribuidores manter a memória digital das gostosas.

Os sites redistribuidores de putaria se financiam através de banners ou através de um recurso, que é, quando o punheteiro acessa o site produtor através de um link do site redistribuidor, o site produtor sabe que ele foi visitado a partir do redistribuidor. De alguma forma, imagina-se que os sites redistribuidores recebam alguma grana dos produtores, proporcional à quantidade de punheteiros que passam a assinar o site produtor a partir das visitas feitas pelos sites redistribuidores.

Exemplos: Freeones, Peachyforum, Ex-Girlfriend Market, etc.

Sites pirateadores de putaria[editar]

Bem, aqui começamos a entrar em uma área nebulosa da Interwebz. A pirataria, em muitos lugares, é crime, e a diferença entre o que é um fair use e o que é pirataria é bastante difícil de definir.

Muitas das sequências de putaria que estão nas áreas abertas dos sites produtores de putaria e replicadas nos sites redistribuidores de putaria tem imagens ou vídeos, com um grau de nudez mais explícito, que não estão nestes sites. Porém, muitas vezes, estes documentos podem ser facilmente obtidos através do Google Pornography. Quando o que se obtém é apenas uma ou duas imagens, ainda dá para alegar que é fair use, mas quando é a sequência completa, estamos diante de um site pirateador de putaria.

Alguns dos sites pirateadores de putaria sã do tipo, ih, não sabia que era pirataria, são sites que permitem que qualquer um hospede qualquer merda neles. Outros, porém, são maliciosos, e fazem a pirataria de forma escancarada. Neste último caso, a renda dos sites advém não de propaganda, mas através de downloads maliciosos, ao fazerem o punheteiro baixar cavalos de troia achando que está baixando a sequência de fotos ou o vídeo de putaria que ele quer piratear.

Exemplos: Image Earn, Megaupload, etc.

Sites de fofocas de putaria[editar]

São os sites de fofocas, com ênfase especial em eventos onde existe putaria, ou seja:

  • quando alguma famosa que só aparece de armadura sai na rua sem sutiã com blusa transparente ou com o farol aceso
  • quando uma gostosa que nunca posou nua faz topless em alguma praia ou aparece com uma roupa decotada e pagando peitinho
  • quando uma gostosa que só faz fotos glamour tira uma foto sem calcinha
  • quando uma gostosa deixa vazar algum sex tape

Exemplos: Anexo:Lista de sites de fofocas

Sites pessoais de putaria[editar]

São os sites individualizados, ou seja, sites associados a uma pessoa.

Claro que uma pessoa sozinha raramente consegue manter um site de putaria com muitos fãs, então muitas vezes o que começa com um site pessoal de putaria acaba se tornando um site da gostosa and friends, e depois, quando a gostosa já ficou saturada (ou ela já passou por todas as fases da carreira de modelo de putaria e seu grau de nudez já chegou a 11, ou ela se aposentou antes) o site se torna apenas site das friends, virando um site normal de putaria.

O mais comum, porém, é que a gostosa não tenha nada a ver com o site que leva seu nome, ela tirou as fotos, fez os vídeos e vendeu seus direitos, e algum empresário filho da puta é que controla o site, e vai soltando o material aos poucos, quase sempre sem pagar merda nenhuma para a modelo.

Exemplos: Anexo:Lista de gostosas por país (se tem artigo sobre a gostosa, é quase certo que tem artigo sobre o site dela)

Sites de moda[editar]

Moda é uma coisa engraçada. O principal consumidor dos produtos de moda são mulheres, mas, a maioria das revistas de moda ou sites de moda estão cheios de modelos gostosas com pouca roupa, semi-nuas ou mesmo nuas.

A lógica disto é muito simples: tanto homem quanto mulher gosta de ver mulher pelada, só quem gosta de ver homem pelado é viado. O homem vê a mulher pelada para ficar de pau duro e tocar punheta, mas a mulher vê a mulher pelada para se comparar com a outra, descobrir o que faz a outra ficar gostosa e tentar fazer o mesmo.

A diferença entre a putaria de um site de moda para o público feminino e de um site de putaria para o público masculino é que, no site de moda, eles fingem que a nudez é um pretexto para vender a roupa. Então, muitas vezes, a putaria dos sites de moda vem disfarçada, com a gostosa em preto e branco, ou mostrando apenas a buceta sem mostrar os peitos, ou em alguma posa estranha que não seria usada em um site erótico.

Exemplos: Fashion Model Directory BALEETED, Fashion Victims (blog), etc.

Sites homoeróticos[editar]

Obviamente, sabemos que 90% dos homens e das mulheres usam a Interwebz apenas para procurar pornografia com mulheres nuas, mas, como a Wikinet é um espaço democrático, não podemos esquecer que existem viados e mulheres mal comidas que procuram gay pr0n na Interwebz.

Para este grupo, que representa entre 1% e 10% da população (pode parecer pouco, mas é o número dos que usam Linux. Ou seja, tem tanta gente usando Linux quanto gente procurando gay pr0n. Isto quer dizer que todo usuário de Linux é viado? A matemática parece provar isso) existem os sites homoeróticos, que são sites onde mulher não entra, ou, se entra, é apenas em um papel secundário.

Exemplos: Johnny's Net, sites de esportes, etc.

Sites que usam a putaria de forma apelativa[editar]

São os sites que não tem, teoricamente, nada a ver com putaria, mas em que a putaria é uma constante, quase todas as páginas tem alguma forma de putaria. Incluem-se aqui a maioria dos Chans, que sempre tem uma área de pr0n, uma área de CP e uma área aleatória em que 90% é pr0n ou CP, e vários blogs.

Exemplos: Wikinet, Malucopédia, etc.

Aviso.gif Aviso:
Ficou decepcionado porque neste artigo não tem putaria? Não seja por isso, quem sabe você dá sorte da próxima vez? Que tal consultar alguma página aleatória?